27/04/09

Escurecendo

Espelhando um rosto sombrio,
entristecido, corrosivo, caótico,
aborrecido, lunático, depressivo

Aterro firmemente em ti
clarifico o meu espírito,
mas não digo que vi

A tua alma nua, cega
a palpitar no meu cérebro
que aguarda pela tua entrega

total ou parcial, nem eu,
nem tu, levamos a mal
plantar este verso teu

para que me possa
sentir desejado pelo meu
e brindar á nossa!

Sem comentários: