09/09/09

desejo insaciável

Cuido do meu coração
e descuido do meu corpo
passo trespasso e transpareço
a ligeira impressão de me estar a afogar
afogado em ti, eu estou,

imobilizado, inconsciente
tento lavar a mente
mas não consigo
limpá-la correctamente

insistes e persistes
no verbo insistir
já te disse, que assim nada vais conseguir

abre o teu grande coração
e desfruta desta paixão,
carne, sangue e provação
o pecado, o ódio a tentação...
amar-te, para mim, não é em vão.

Sem comentários: